top of page

Como evitar roer as unhas? Saiba Mais!

Tem o hábito de roer unhas? Esse tipo de problema é extremamente comum e afeta muitas pessoas. Inclusive, estima-se que cerca de 30% da população mundial (um número bastante expressivo) lida com essa situação no dia a dia.


Infelizmente, as suas consequências vão além do aspeto estético, que fica inegavelmente comprometido. Roer as unhas também pode afetar a saúde de forma negativas, gerando dores de dentes e vários outros problemas.


Quais as consequências que roer unhas pode trazer para a saúde?

A onicofagia, nome técnico do hábito de roer as unhas, é extremamente prejudicial para a estética das mãos de homens e mulheres. Além disso, pode fazer com que a saúde seja prejudicada.


Desgaste dos dentes;

O ato de roer requer muita força de nossa mordida para conseguir partir a estrutura das unhas. fato que contribui para o desgaste progressivo da superfície dental.

O dano causado pode atingir vários níveis, indo de um desgaste simples, praticamente impercetível, até mesmo a uma fratura considerável. Por isso, para proteger a integridade da estrutura dentária, é recomendado evitar esse hábito.


Perda de peças dentárias;

Como vimos antes, os dentes podem sofrer quedas devido ao hábito de roer unhas. Uma das razões é a reabsorção radicular, mas há outros fatores, como as fraturas, que também podem contribuir para isso.

É sempre recomendado evitar a utilização dos dentes para outros fins que não sejam a mastigação.

Isso inclui, além do ato de roer as unhas, a abertura de objetos, por exemplo.


Bruxismo;

O bruxismo é o hábito de pressionar os dentes uns nos outros e fazer movimentos, gerando o conhecido “ranger de dentes”. Fatores diversos, como a ansiedade, podem contribuir para o surgimento desse quadro clínico, que é extremamente prejudicial à saúde dentária.

Roer as unhas é um problema que pode contribuir para o aparecimento do bruxismo, já que o “modo de operação” de ambos os problemas é bastante parecido e está normalmente ligado a distúrbios emocionais.


Feridas;

Outra consequência comum do hábito de roer unhas são as lacerações dos tecidos gengivais e de outras estruturas da boca, ocasionadas pela fricção ou perfuração das unhas com as áreas sensíveis localizadas nessa região.

O surgimento de feridas orais pode ocasionar uma série de problemas, devido à proximidade com muitas estruturas e também à possibilidade de bactérias caírem na corrente sanguínea e migrarem para outros órgãos e sistemas.








17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ortodontia

Σχόλια


bottom of page